O novo equipamento será instalado nos sistemas de irrigação circular da Valmont Industries, que regularão automaticamente as proporções necessárias de água, produtos fitofarmacêuticos e outros produtos químicos, bem como identificarão rapidamente as áreas problemáticas do campo e informarão o operador.

Há um grande potencial em combinar o aprendizado de máquina com o equipamento físico. Estamos criando um robô inteligente”, disse Daniel Koppel, chefe da Prospera Technologies. Ele também acrescentou que um dos objetivos da empresa é transferir a experiência adquirida no trabalho com estufas para abrir campos.

O teste de campo do sistema já começou em campos de batata no estado de Washington. No final deste ano, está previsto o teste de sistemas de irrigação inteligentes para milho e soja nos estados do Kansas e Nebraska. Até 2020, as empresas esperam aplicar um novo sistema em 404,7 mil ha.

 

Fonte: Fertilizer Daily (06/05/2019).